Sobre Extensão Universitária

Qual deveria ser o papel das Universidades? Gerar conhecimentos e retro alimentar as ciências ou ser agente transformador da sociedade através da formação de massa critica em seus corredores e salas de aula!

Mais deveria ser um agente formador de cidadãos compromissados com o lugar onde atuam! Éticos! Responsáveis, transformadores sociais!!!

Que pena não é isso que ocorre, pois um de seus pés quase nunca é trabalhado e também é pouco reivindicado, um ponto que realmente faria da Universidade um agente de mudanças sociais a Extensão Universitária, que ao lado do ensino e da pesquisa formam a base da universidade.

Este recurso pedagógico é baseado na troca de experiências e informações entre o mundo acadêmico e a sociedade, não apenas para a produção de conhecimento cientifico como também de divulgação da dos novos saberes com a comunidade entorno e principalmente a formação crítica do acadêmico.

Envolvendo-o com a realidade que o cerca e fugindo de uma visão tecnicista ou tecnocrata, mostrando que para alem de fatores econômicos e/ou técnicos simplesmente ainda temos as condicionantes sociais que em muitos, creio que a maioria deles, os mais importantes.

Todos os cursos não só podem como devem trabalhar a extensão, cada um com sua característica, pois cada um possui particularidades que atendem a diversos setores da sociedade. E por mais que se tenha especificidades deve se ter em mente uma multidisciplinaridade para que verdadeiramente haja um processo extensionista comprometido com a melhor formação possível.

Devemos lembrar que não se trata de atividade de assistencialista, pois não iremos dar nada, é uma atividade baseada na troca de experiências para gerar conhecimento cientifico e motivar/sistematizar e operacionalizar transformações sociais via dialogo academia comunidade.

Não somos, nós a academia, os detentores da verdade ou civilidade que deva ser implantada nas mentes daqueles que não são, somos iguais, e devemos estar abertos ao dialogo de forma seria a questionar sobre o que a universidade está fazendo, e mais sobre o que nós estamos fazendo?G4

“... mãos de homens ou povos, que se estendam menos, em gestos de súplica.[...] E vão fazendo, cada vez mais, mãos humanas que trabalhem e transformem o mundo”. (Paulo Freire)

Por Wandemberg Almeida Gomes, Acadêmico de Arquitetura e Urbanismo UNIFAP