O Amapá nos tempos do manganês: a construção das vilas Amazonas e Serra do Navio





 "Contratados pela ICOMI, muitos desses operários nativos revelaram  extraordinária capacidade de adaptação ao novo trabalho e escalaram vários degraus acima e além dos níveis econômico e social em que  viveram até então. Da noite para o dia, muitos que não tinham sequer  remuneração regular, passaram a receber salários bem acima do salário  mínimo regional."(*)








"Em curto período esses operários progrediram do estágio de remar a ‘montaria’ e manejar a linha do anzol, para o de operadores de moderna e sofisticada maquinaria industrial de alta produtividade."(*)







(*) Relatório da ICOMI, 1976.

Fotos: Acervo G4

___________________
SILVA, Anderson Rodrigo Tavares. Operários do manganês: Vivências e memórias de trabalhadores da vila Serra do Navio, Amapá (1972-1984). Belém: UFPA, 2006.


Por Petter Isackson, acadêmico de arquitetura e urbanismo/Unifap